10 Coisas que você deveria parar de fazer se quiser ser rico

10 Coisas que você deveria parar de fazer se quiser ser rico

Antes de falar em sucesso e em riqueza é importante mencionar que esses conceitos são muito relativos. Cada um de nós sabe o que nos faz felizes, e os caminhos para chegar à tão sonhada prosperidade também são muitos. Alguns gostam de deixar o destino decidir o melhor caminho para se tomar, enquanto outros preferem sempre pensar em todos os detalhes que deverão ser percorridos. Independente disso, foi provado que todas as pessoas que sempre têm dinheiro — ou seja, para elas a riqueza é um fenômeno constante — têm algo em comum. E isso é algo que costuma faltar àqueles que, apesar do trabalho duro, simplesmente não conseguem economizar.

A diferença de pensamento e de hábitos entre ricos e pobres despertou o interesse do especialista em Finanças Pessoais americano Thomas Corley. Ele observou representantes dos dois grupos durante 5 anos e chegou a conclusões muito interessantes.

Confira as 10 coisas que é melhor parar de fazer para ganhar mais. Após as dicas, trazemos uma boa sugestão para encontrar a sua verdadeira vocação.

1. Não querer conhecer gente nova

Pessoas ricas costumam gostar de conhecer pessoas novas. Mais ou menos 68% das pessoas com dinheiro expressaram seu gosto por novas amizades, opinião compartilhada por apenas 11% das pessoas sem dinheiro. A maioria dos que alcançaram a estabilidade fez todo o esforço possível para causar e manter no futuro uma boa impressão de si mesmos. Essas pessoas não se esquecem de cumprimentar novos e velhos amigos.

2. Acreditar no destino

Confiar na mão do destino às vezes pode dar certo, por exemplo quando precisamos escolher entre uma saia azul e uma vermelha. Mas quando o assunto é mais sério, os ricos pensam que eles mesmos determinam sua maneira de viver. Em torno de 90% das pessoas com baixa renda culpam o destino e outros fatores fora do controle humano pelas suas falhas. E, em geral, não investem na sua própria educação, mas preferem optar por aspectos exotéricos e jogar na loteria.

3. Odiar o trabalho

“Eu gosto do que eu faço”. Essa frase é afirmada por 85% das pessoas que alcançaram o sucesso e a estabilidade financeira. As pessoas com baixa renda costumam ver apenas o lado negativo do trabalho. Dessa forma, é difícil pensar em novas maneiras para ganhar dinheiro no mesmo trabalho. Se o seu trabalho realmente não tem a ver com você, o melhor é mudar e parar de reclamar.

4. Não prestar atenção na saúde

Os ricos gastam muito tempo com a saúde. E isso inclui não apenas a prevenção médica, mas também um estilo de vida saudável. Praticam esporte (76% das pessoas de sucesso fazem exercícios 4 vezes por semana), uma dieta equilibrada e não têm maus hábitos. Entre as pessoas que ganham pouco, apenas 13% vê uma conexão entre o bem-estar e o sucesso.

5. Ter medo de assumir riscos

Apenas 6% das pessoas que ganham pouco e mais da metade dos ricos da pesquisa aceitaram arriscar para chegar ao sucesso. Muitas pessoas ricas disseram que pelo menos uma vez o risco trouxe um fracasso impressionante, mas elas não se desesperaram e tentaram de novo.

6. Assistir reality shows

Entre as pessoas que não ganham bem, mais ou menos 78% gostam de programas em que o público é convidado a observar detalhes da vida de outras pessoas. Apenas 6% das pessoas de sucesso assistem reality shows. É importante destacar que as pessoas ricas em geral não assistem televisão. A maioria delas vê menos do que 1 hora por dia. O mesmo com a Internet. As pessoas de sucesso só ficam na Internet se for para trabalhar.

7. Ler pouco

Fiódor Dostoyevski disse que deixar de ler livros é como deixar de pensar. Mais ou menos 88% das pessoas de sucesso estão de acordo com o famoso escritor. Elas leem pelo menos 30 minutos por dia. Apenas 2% das pessoas com menor renda leem a mesma quantidade de tempo.

8. Acordar muito tarde

Mais da metade dos empresários de sucesso observados por Thomas Corley acorda pelo menos 3 horas antes do começo da jornada de trabalho, ou seja, antes das 5h da manhã. Eles investem o tempo livre para organizar as tarefas do dia, para adiantar algum projeto pessoal ou para praticar esportes.

Muitas pessoas de sucesso meditam por 10 ou 15 minutos toda manhã, ou apenas aproveitam o silêncio para refletir sobre a própria vida. Acordar cedo não leva à falta de sono. Por volta de 89% das pessoas ricas dormem entre 7 e 8 horas por dia, e vão para a cama mais ou menos às 22h.

9. Se relacionar com pessoas ’tóxicas’

Mais ou menos 96% das pessoas que vivem sempre com a corda no pescoço (em termos financeiros) têm alguém ao lado que adora fazer fofoca. Pessoas de sucesso se relacionam com pessoas que não trazem pensamentos negativos, e sim com pessoas que as estimulam a serem ainda melhores. Ampliar a sua rede de contatos é possível por meio de eventos culturais e voluntariado.

10. Viver acima das possibilidades

A maioria das pessoas sem muitos recursos gasta muito mais do que ganha. Provavelmente, entre seus conhecidos há pessoas que sempre pedem empréstimo para comprar alguma coisa, muitas delas quase sempre desnecessárias. Entre as pessoas de sucesso, a distribuição do dinheiro costuma acontecer da seguinte maneira:

20% para investimentos (como fundos, ações ou poupança).
25% para aluguel ou hipoteca.
15% para a comida.
10% para o entretenimento.
5% para o transporte.
O resto da renda é destinado para roupa, educação e outras necessidades.

Bônus: como encontrar uma vocação

Após estudar os hábitos dos ricos, Thomas Corley teve certeza de que eles tiveram sucesso porque encontraram uma atividade que lhes dava prazer. Se você ainda está procurando uma vocação, conheça esse plano de ação.

Faça uma lista das coisas que você gosta de fazer. Escolha aquelas cuja realização requer certas habilidades ou conhecimentos.
Em seguida, escolha 10 coisas de que você gosta mais. Coloque-as em uma escala de 1 a 10, em que a pontuação máxima significa que essa ocupação realmente te faz feliz.
Depois, também em uma escala de 1 a 10, defina as 10 atividades com base no potencial de renda.

Some as pontuações de cada ocupação. Aquelas que receberem a pontuação máxima são o objetivo de vida para você.

Share this post

Post Comment